Descoberta de propósito, dicas de entrevista e muito mais no bate papo com a Gerente de RH da Stefanini

11 Dec 2018

Entrevista e bate papo super legal com a Ana Lígia Bacca (siga ela no Linkedin), atual Gerente de Recursos Humanos da Stefanini (multinacional brasileira que atua no setor de serviços em tecnologia da informação). Atualmente ela é responsável pelos programas de Desenvolvimento Organizacional das operações de Brasília e Minas Gerais. Nesse bate papo, Ana compartilha um pouco da sua experiência e visão sobre o mercado de trabalho e dá dicas valiosas aos jovens. Aproveite ;) 

 

 

Descoberta de propósito:

 

O que devo fazer para descobrir meu propósito/aptidão?

 

A descoberta do propósito é algo natural, porém, quanto mais ansiosos para descobrirmos nosso propósito, mais difícil isso pode parecer.

Minha sugestão é que você aproveite as experiências que a vida lhe proporciona e esteja atento ao que gera um alto nível de satisfação em sua vida.

Para facilitar a descoberta de propósito, elaborei o funil anexo.

 

 

 

 

Quais são as profissões do futuro?

 

A tendência que vemos no mercado de trabalho é que todas as atividades operacionais serão automatizadas. Aos poucos, a inteligência artificial poderá transformar muitas profissões.

 

Segundo pesquisas recentes e matéria da revista Você S/A (agosto/2018), a educação será em 2038 o passaporte para o crescimento. Este mesmo estudo indica que provavelmente iremos conviver cada vez mais com processos automatizados, como por exemplo robôs e drones e nos dedicar em atividades mais intelectualizadas, uma vez que criatividade e perspicácia social ainda não podem ser desenvolvidas por robôs. Consequentemente, as competências sociais serão as mais valorizadas no mercado de trabalho futuro.

 

Isso é de fato o que eu acredito!

 

Além disso, penso que tenhamos que desenvolver mais a habilidade do senso crítico. Avaliar e criticar segundo nós mesmos e nossos valores. O mundo hiperconectado tende a ter polaridades e temos que estar atentos para não repetir apenas a opinião de pessoas influentes. Empatia e respeito ao outro é o que equilibra na hora de colocar o senso crítico em prática.

 

 

O que um bom currículo precisa ter?

 

Currículos precisam ser objetivos, reunir dados pessoais, de formação e experiências profissionais.

 

Como fazer com que meu CV seja visto pelos recrutadores?

 

Cadastre seu currículo em sites de oportunidades e mantenha-o atualizado com cursos e experiências profissionais recentes. Datas atualizadas e resumo de suas principais atividades em cada experiência profissional também ajudam os recrutadores a olharem melhor para o seu  perfil.

 

Quais os maiores erros que podemos cometer ao elaborar um CV?

 

Currículo muitas vezes é o primeiro contato profissional que você irá fazer, portanto evite erros como:

 

  1. Currículo extenso demais;

  2. Erros de português;

  3. Informações confusas (por exemplo, datas erradas nas experiências profissionais e ausência de ordem e formatação na apresentação dos dados);

  4. Veracidade dos dados - apenas cite no currículo o que de fato faz parte de suas competências e formação.

 

Por que é importante que eu tenha um perfil no LinkedIn?

 

O Linkedin é uma rede social séria e de conteúdo diferenciado. De forma que ter um perfil no Linkedin te apoia para oportunidades de trabalho e também te conecta com pessoas e instituições que podem te proporcionar aprendizado e colaboração.

 

Posso adicionar todas as pessoas no LinkedIn mesmo que eu não as conheça?

 

Penso que essa questão é relativa. Dependendo do seu perfil profissional e propósito de carreira você pode ser mais conservador ou não na sua rede de contatos do LinkedIn. Por exemplo, se você compartilha conteúdos e oportunidades que podem interessar várias pessoas é interessante que você adicione pessoas sem necessariamente conhecê-las pessoalmente.

 

Quais informações são mais importantes para colocar no LinkedIn? Devo preencher tudo o que ele me sugere?

 

Essa também é uma decisão pessoal. Você deve compartilhar e divulgar informações que se sente confortável, levando em consideração seus objetivos de carreira e propósito.

 

Qual o melhor jeito de contatar uma pessoa no LinkedIn?

 

Minha sugestão é que envie uma mensagem objetiva, nada de textos muito longos. Leve em consideração os princípios de um bom “Pitch”:

  1. Pesquise informações sobre seu interlocutor para saber a melhor forma de abordá-lo. Dessa forma, você identificará o que de fato pode interessá-lo e até a escolha da linguagem: se mais formal ou informal;

  2. Demonstre “know-how”. Se o contato visa uma oportunidade profissional ou negócios, use expressões e conceitos apropriados ao negócio ou área;

  3. Expresse a realidade em números ou cases reais: Se o contato é conseguir um primeiro emprego cite seu desempenho em algum estágio curricular, trabalho, pesquisa acadêmica ou a experiência em monitoria de alguma disciplina.

Se ainda assim estiver na dúvida, encare o contato do seu jeito, não deixe de fazê-lo. A cada contato, algo novo se aprende!

 

Network:

 

O que é Network?

 

Para mim, network é expandir sua rede de contatos, fortalecendo seus objetivos profissionais e pessoais através de pessoas que tem objetivos em comum ou complementares.

 

Existe uma nova competência relacionada ao tema que está sendo difundida pela americana Erica Dhawan e se chama “Inteligência Relacional”. Alguns criticos apontam que a Inteligência Relacional impactará a forma como nos comportamos, assim como a Inteligência Emocional ganhou reconhecimento nos anos 90 com o Daniel Gollemann.

 

A inteligência Relacional passou a ser difundida em 2017 com o lançamento do livro “Get big things done through conective inteligence” da Erica Dhawan. Erica tem estudado sobre o fenômeno de pessoas conectadas, sobre a possibilidade de você fazer conexões infinitas e de poder convencer as pessoas da sua rede a colaborar com você. Isso é a Inteligência Relacional, ou seja, você obter resultados e alta performance não só pela sua inteligência cognitiva e emocional, mas também pela inteligência relacional. O importante é saber se relacionar, bem como fazer uma boa administração das suas relações, tornando-as de qualidade, prósperas e com reciprocidade.

 

Porque preciso ter bons contatos em minha rede?

 

Para networking, qualidade é melhor do que quantidade.

 

Quem devo ter em minha rede de contatos?

 

Busque contatos que possam lhe agregar aprendizados, desafios, inspiração e diversidade.

Cuidado para não se cercar apenas de pessoas que pensam exatamente como você, que estudaram nos mesmos cursos e instituições isso só fará com que você seja mais do mesmo. Diversifique e encontre inspiração para ser mais criativo e ousado.

 

Entrevistas:

Quais os principais erros cometidos em uma entrevista?

 

Não acredito que as pessoas cometam erros em processos seletivos.

 

A cada entrevista é possível se aprender algo e até se aperfeiçoar para futuras oportunidades.

 

Quando se está buscando uma oportunidade é natural estar ansioso e apreensivo. O melhor a se fazer é tentar e se preparar constantemente.

 

Como devo me preparar para uma entrevista de emprego?

 

Prepare-se para “estar preparado” para qualquer coisa. Em um processo seletivo, não se pode prever o que vai acontecer. É impossível saber que perguntas o entrevistador fará e muito menos o que ele espera ouvir de você. Portanto minha sugestão é que você esteja preparado para falar sobre você. Esteja atualizado com que está acontecendo no mundo e que consiga se concentrar nas perguntas que o entrevistador lhe fará para responder de maneira genuína.

 

O modo de me vestir influencia na decisão dos recrutadores?

 

Recentemente uma grande amiga me pediu conselho sobre isso. Ela estava determinada a “caprichar” na vestimenta para a entrevista. Conhecendo essa amiga e sabendo que ela iria usar algo apenas para impressionar, sugeri que ela fosse “vestida dela mesma”, sem exagero ou tentativa de parecer quem não era.

Meu conselho estava relacionado a fazer com que ela se sentisse mais à vontade e de fato mostrasse sua essência, não só na vestimenta, mas também nas ideias e competências. Resultado: Ela conseguiu o emprego. E sei que não foi pela vestimenta em si, talvez tenha sido o conjunto, o perfil compatível, a formação, o brilho nos olhos pela oportunidade e a naturalidade de ser quem ela é.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga-nos nas redes sociais!

©2020 Vamos Subir - Todos os direitos reservado

Vamos Subir

CNPJ 35.234.052/0001-07

Rua dos Pinheiros 870, Pinheiros, São Paulo, 05422-001

oi@vamossubir.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social