"Torna-te quem tu és", Cláudio Pracownik fala sobre o autoconhecimento

O Vamos Subir entrevistou há algumas semanas o CEO da Genial Investimentos, Cláudio Pracownik. Cláudio é um executivo com ampla experiência no mercado, tendo atuado por anos no Clube de Regatas Flamengo em diversos cargos executivos, além de outras instituições de grande representatividade.

 

Cláudio é formado em Direito, pela Faculdade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Na conversa com o Vamos Subir ele abordou diversos assuntos relacionados a carreira e mercado de trabalho.

 

Nesse artigo vamos trazer um pouco mais sobre competências. Quais são relevantes hoje para o mercado, quais podem te ajudar a se destacar, quais são necessárias, entre outros.

 

Para saber sobre as dicas e conselhos dados, continue lendo o artigo.

 

Quais competências são importantes para os jovens que estão ingressando no mercado de trabalho?

 

Cláudio começa trazendo a ideia de que a principal competência é entender que "a mudança está aí". Tem um ditado grego que diz: "nada permanece além da mudança”, diz Cláudio

 

Que tipo de preparo é necessário para mudança? O primeiro é a resiliência. Você precisa estar preparado para as coisas que mudam e para sempre recomeçar, além de ter a capacidade de resistir às frustrações.

 

"Essa coisa de trabalhar por ciclos é muito interessante, mas impõe um desgaste e um empenho enorme. Porque começar um ciclo novo a cada instante e perceber que muitas das coisas que você fez no passado já não tem valor nesse momento, é uma coisa muito desgastante.” Comentou Cláudio.

 

Em outros artigos já mencionamos a capacidade de atravessar dificuldades de forma mais positiva e alegre, não que tenhamos de ansiar por momentos difíceis, mas precisamos entender que desafios e dificuldades nos servirão de experiência e nos farão alavancar nossa carreira.

 

Sobre os desafios e feedbacks negativos, Cláudio diz: “Você precisa encarar isso de forma positiva, entender que são desafios. O desafio da reconstrução, você tem que estar motivado para o desafio da reconstrução. E entender que você não pode ficar parado. É cansativo, desafiante… mas é instigante. Precisa de um grande conhecimento interno, você precisa saber quem você é e quais são suas competências, trabalhar elas para se desenvolver".

 

Cláudio trouxe então uma visão mais filosófica sobre o autoconhecimento: "Sem conhecimento interno, você não vai a lugar nenhum. É necessário você saber quem você é, efetivamente, como no ditado grego 'Torna-te quem tu és', mais importante do que saber quem você é, é se tornar aquilo que você é. Isso é um processo, uma caminhada. O ato de saber é um pouco passivo, mas o que você faz com esse conhecimento? Que esforço você empreende para encontrar o seu destino?".

 

"Tornar-se quem você é um processo difícil. Por outro lado, pressupõe uma jornada anterior de conhecimento, tudo isso é desgastante, mas enriquecedor, basta você encontrar, entender e ser positivo. Entender que como a Fênix, recomeçar a cada instante nada mais é do que uma grande aventura, e pra quem gosta de aventura elas estão aí, aparecendo a cada momento”. Termina Cláudio.

 

 

 

Recomendamos ao leitor que leia outro artigo que publicamos , que trata do mesmo assunto e nos ajuda a ter uma visão mais completa:

https://bit.ly/2T0OGnD

 

Gostou deste trecho da conversa?
Fique ligado em nossas redes sociais e se inscreva para receber mais dicas: https://goo.gl/MuHzdt

#VAMOSSUBIR

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga-nos nas redes sociais!

©2020 Vamos Subir - Todos os direitos reservado

Vamos Subir

CNPJ 35.234.052/0001-07

Rua dos Pinheiros 870, Pinheiros, São Paulo, 05422-001

oi@vamossubir.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social