Siga-nos nas redes sociais!

©2020 Vamos Subir - Todos os direitos reservado

Vamos Subir

CNPJ 35.234.052/0001-07

Rua dos Pinheiros 870, Pinheiros, São Paulo, 05422-001

oi@vamossubir.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

Sempre buscar conhecimento e estar pronto para quando a oportunidade aparecer.

O Vamos Subir entrevistou há algumas semanas Douglas Tokuno, Head da Waze Carpool no Brasil. Douglas tem vasta experiência em grandes empresas, além de uma formação acadêmica de fazer brilhar os olhos.

 

Nesse trecho da conversa, tratamos sobre perspectivas. Mais especificamente a mudança de objetivos no início da carreira até o presente momento.

 

Quando iniciamos nossa carreira, ainda jovens, temos ideias e objetivos traçados, porém ao longo do tempo, nosso mindset é moldado e muitas vezes seguimos por um caminho diferente daquele escolhido antes, justamente por desenvolvermos o “autoconhecimento”, tema bastante tratado em nosso blog.

 

Confere aí o que o Douglas falou pra gente sobre esse assunto.

 

Quais eram seus objetivos no início da carreira, e o que mudou de lá até agora?

 

Segundo Douglas os objetivos estão sempre mudando: “Eu percebi depois de algum tempo, hoje eu já consigo olhar para trás e ver que esses objetivos sempre mudam.

Quando eu era criança eu falava 'vou trabalhar com computação gráfica', depois na faculdade eu queria trabalhar com Telecom, depois em uma Telecom eu vi que não era isso, queria trabalhar com consultoria, depois em consultoria eu vi que não, eu quero trabalhar como gerente de projetos.” (UFA!!) - Comenta Douglas.

 

Já passaram por situações assim em suas carreiras? Onde chegamos até mesmo questionar a nossa formação, tão sofrida e ralada?

 

“Isso está sempre mudando, conforme você vai amadurecendo, conforme você vai aprendendo novas coisas, eventualmente você quer aprender novas coisas.

Quando entrei no Google, eu entrei em uma área de produto ligada a publicidade, e isso sempre foi evoluindo, agora eu quero trabalhar com estratégia, agora com comercialização, agora voltar pro produto, toda essa questão do que você quer fazer, vai mudando.” Completou.

 

Mas e agora? Eu não vou ter uma caminho específico? Calma! Olha só as dicas que vieram de mão beijada para nós.

 

“O importante é sempre buscar qualificação, buscar pessoas para te orientar e entender, eventualmente pode ser através de cursos, através de estudos formais, mas sempre buscar uma forma de você se preparar para isso e estar pronto para quando a oportunidade aparecer.” Fala Douglas.

 

 

 

 

Gostou deste trecho da conversa?

Fique ligado em nossas redes sociais e acompanhe os próximos videos e artigos sobre carreira.

 

#VAMOSSUBIR


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload