Siga-nos nas redes sociais!

©2020 Vamos Subir - Todos os direitos reservado

Vamos Subir

CNPJ 35.234.052/0001-07

Rua dos Pinheiros 870, Pinheiros, São Paulo, 05422-001

oi@vamossubir.com.br

  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social

10 perguntas sobre trabalho que não estão no Google - palestra com João Branco

No dia 21 de Maio de 2019, promovemos um evento que com certeza ficou na história do Vamos Subir, João Branco CMO (Diretor de Marketing) do McDonald's Brasil, falou para uma platéia de mais de 400 pessoas.

 

Contamos com a casa lotada mais uma vez, isso prova o quão impactante os eventos tem sido na vida das pessoas de todo Brasil.

O João é um profissional renomado, uma referência na área de Marketing, sempre muito coerente em suas colocações, João prendeu a atenção de todos os presentes compartilhando cases de sucesso com bom humor nos ensinou o que é valioso para ele.

Antes de entrarmos no artigo, você sabia que o Vamos Subir ajuda algumas instituições de caridade?

 

Nesse evento tivemos a oportunidade de ajudar a ONG - Fábrica de Sonhos. Além de promover informação de qualidade de forma gratuita, nós também temos o olhar humano e social. Em todos nossos eventos, arrecadamos alimentos não perecíveis, que são destinados a uma instituição de caridade escolhida com antecedência por nossa equipe. Neste evento conseguimos mais de 500 Kg de alimentos. Isso aí, meia tonelada.

 

Conheçam um pouco mais do trabalho dessa ONG vitoriosa.

 

http://fabricadesonhos.ong.br/

Vamos agora trazer nesse artigo, TUDO o que foi tratado no dia do evento! Leia até o final e se inspire com a gente:

 

João começou o evento contato um pouco de sua carreira, e essa jornada de sucesso. Ele começou muito cedo e em um emprego muito simples, mas que teve grande impacto e importância em sua vida.

 

Estagiário de Previdência Privada, em seu primeiro emprego, João era responsável basicamente por fazer lançamentos da previdência em um sistema; para pessoas de idade, e selar envelopes.

 

Muitos poderiam acreditar que o emprego de João nesse momento era “inútil” ou de pouco valor, mas era o que ele tinha e aproveitou a sua oportunidade, além de já saber nessa época que queria trabalhar com Marketing.

 

João aproveitou a oportunidade para estudar todo o possível sobre previdência, chegando até mesmo a decorar fórmulas super complexas para o cálculo da aposentadoria. Durante esse período ele se tornou muito bom com números, o que influenciou positivamente a carreira dele, pois muitas empresas hoje, valorizam profissionais do Marketing que tenham essa habilidade numérica.

 

João compartilhou conosco que enquanto era um estagiário de Previdência, ele fundou um projeto muito parecido com o Vamos Subir, chamado "To The Top". O foco era conectar executivos de várias empresas, segmentos e lugares, para formarem um time onde poderiam trocar informações e conhecimento.

 

 

Você sabe quanto tempo da sua vida passa trabalhando? metade. É isso mesmo, metade de nossas vidas passamos em função de um trabalho.

 

Após trazer essa reflexão João disse: “Se você não trabalhar com algo útil  que você goste, ao final da sua vida, vai se sentir frustrado".

 

"Trabalho é mais do que uma atividade que você faz para pagar as contas, é a metade da sua vida, se esse tempo não for empregado em  algo útil que você gosta, tem grande chance de chegar no fim da vida e se perguntar se era isso o que você queria fazer.”

 

 

 

João provocou os presentes com algumas perguntas e frases:

 

 

"Como é o seu resumo no currículo e apresentações?"

 

“Às vezes o que queremos construir como resumo não está lá.”

 

"Nós não devemos ter medo de começar do início, de começar pequenos".

 

Algo que é muito notado por especialistas de RH, é que muitas pessoas que estão sem uma ocupação atualmente ou que desejam trocar de carreira, querem por muitas vezes “salário e prestígio de CEO com responsabilidade de estagiário” - Para João, exatamente por esse tipo de situações precisamos ter a humildade de saber que precisamos começar “pequenos”, e que isso não é demérito nenhum.

 

"O que gostariam que falassem de você no fim de sua carreira?"

 

Você quer ser lembrado por ser um profissional de alta performance, que entregava altos resultados, ou como uma pessoa humana, disposta a ajudar, ouvir e aconselhar aos que precisavam, sem deixar de entregar seu trabalho? Cada decisão tem seu preço. Está disposto a pagar?

 

“As pessoas lembram mais de quem você é como pessoa, do que sobre suas atividades realizadas". Comentou João.

 

Perguntas que nos fazem refletir agora e que causaram um impacto muito interessante no público que assistia a palestra.

 

Trazendo a temática da palestra João perguntou: 

 

"O que é o trabalho?"

 

Poderíamos dar a descrição física do trabalho, utilizar alguma descrição dada por um filósofo ou um artigo da Internet, mas João tem uma definição de trabalho que é diferente e inspiradora:

 

“Nós não nos definimos por nosso trabalho, nosso salário, ou nosso cargo. Minha visão pessoal sobre trabalho: usar minhas capacidades para ajudar os outros.”

 

"Para que trabalhar?"

 

Procure uma empresa que não busque somente lucro, mas que tenha uma missão.Trabalhe para o bem da cidade. Trabalhe para algo.

 

"Mas e o meu salário?"

 

Valorize o aprendizado.

 

Escolher um chefe que te ajuda. Um mentor dentro da própria empresa. (Você pode conferir aqui no nosso site alguns artigos que falam sobre se inspirar em alguém).

 

“Um dia dizer qual empresa você trabalhou, vai ser menos importante do que dizer quem foi seu chefe”

 

"Experimentar é muito bom"

 

Tenha a experiência por completo. Não faça corpo mole, não se limite.

 

"O Sucesso vem com a humildade"

 

“O conselho de uma pessoa experiente vale mais do que ouro”

 

Pedir ajuda é a fórmula mais eficiente de conseguir resolver seus problemas.

 

“Seu legado é muito mais o que você é, do que o que você conquista e o que você faz.”

 

 

"Se eu me preparar, tá tudo garantido?"

 

NÃO!

 

“Pensem comigo, na final de uma prova x da olimpíada, o(a) vencedor(a) da prova, concede uma entrevista e diz: 'Para chegar aqui, basta se preparar e acreditar'. 1 milhão de pessoas escutaram, e decidiram se preparar e acreditar, que iriam ganhar a mesma medalha de ouro, na mesma categoria que ela, quatro anos depois, quantos ganham a medalha de ouro? 1 Pessoa". Exemplifica João.

 

"O que você considera como chegar lá?"

 

Ter tempo? Dinheiro? Viajar? O SEU “chegar lá” é diferente dos outros. O que é sucesso pra você? O contentamento é saber estar feliz com o que tem e onde está, é diferente do comodismo. O comodismo nunca irá permitir que você chegue lá.

 

João finalizou com a seguinte pergunta:

 

"Qual é a razão que te inspira a acordar e ir trabalhar?"

 

 

E aí, gostou desse conteúdo? Não perca nenhum e fique dentro de tudo o que postamos e compartilhamos, nos siga nas redes sociais.

 

#VAMOSUBIR 🚀🚀🚀


 

 

LinkedIn do autor: https://www.linkedin.com/in/philippeduartebeltrani/



 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload